Notícias

Chegou a Hora do Código no Brasil

30/10/2020

Além de lançar a campanha global pela programação, o Movimento Inova reuniu nos dias 22 e 23 de outubro palestras e atividades sobre o universo digital e o pensamento computacional em um ambiente totalmente on-line

Compartilhaê!

A imagem mostra o dispositivo Anticovid no papel e o destaque de duas mãos sobre ele
Sabe o que jovens e educadores do Brasil e de mais 180 países têm em comum?  Todos podem fazer parte de uma iniciativa global que mostra que programar é possível para qualquer pessoa. Estamos falando da Hora do Código, um movimento liderado pela plataforma Code.org, que tem a Fundação Telefônica Vivo como parceira e representante no Brasil por meio do Programaê! há sete anos.

A Code.org é uma organização sem fins lucrativos dedicada a expandir o acesso ao Pensamento Computacional nas escolas. A Code acredita que todos os estudantes devem ter a oportunidade de aprender Ciência da Computação, assim como Biologia, Química ou Álgebra.

A Hora do Código, na verdade, pode acontecer a todo momento, pois engloba uma série de iniciativas que duram exatamente uma hora envolvendo programação e que qualquer pessoa, em qualquer lugar, pode organizar. Para isso, disponibilizamos aqui conteúdos e tutoriais de 60 minutos com trilhas formativas sobre linguagem de programação para serem realizadas de forma fácil e divertida na sua escola, em casa ou até na lanchonete do bairro.

Ainda assim, há um período do ano em que o movimento ganha força com eventos especiais. No Brasil, essa data acontece de 22 de outubro a 15 de novembro e está repleta de atividades e conteúdos sobre programação com o tema “Ciência da Computação para o Bem” ou, em inglês, #CSforGood.

O lançamento oficial aconteceu nos dias 22 e 23 de outubro durante a edição 2020 do Movimento Inova, um programa da Secretaria de Educação do Governo do Estado de São Paulo que busca valorizar práticas de professores e alunos relacionadas à utilização de novas tecnologias educacionais, além de conectar os integrantes da rede de ensino às soluções tecnológicas e inseri-los ao ecossistema de inovação.

O Movimento Inova também tem como objetivo proporcionar a vivência dos três componentes do Programa Inova Educação: Projeto de Vida, Eletivas e Tecnologia e Inovação, além de promover um ambiente de cocriação, compartilhamento de ideias e soluções que melhorem o dia a dia das escolas do Estado de São Paulo. A primeira edição do Movimento aconteceu em dezembro de 2019 e contou com oficinas, palestras, espaços abertos de criação, hackathon e mostra interativa de ciências e de computação criativa e robótica, com a participação de 4 mil pessoas.

Nesses dois dias de programação totalmente on-line do Movimento Inova aconteceram oficinas, palestras, a Mostra Interativa de Robótica e Computação Criativa e a Feira de Ciências das Escolas Estaduais de São Paulo, conectando mais de 2,5 milhões de estudantes da rede de ensino.

Para o evento, o Programaê! organizou palestras e rodas de conversa sobre a importância da cultura digital e do pensamento computacional nos dias de hoje; sobre as competências digitais no mundo do trabalho; e ainda sobre tecnologias digitais e a sala de aula. Além disso, aconteceram oficinas especiais sobre narrativas digitais, programação desplugada e robótica.

Todas as palestras e atividades do Movimento Inova 2020 estão disponíveis no canal do Youtube Centro de Mídias SP, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo

“Vivemos em um mundo em que a tecnologia, a lógica e o pensamento computacional estão embutidos em tudo o que fazemos. E essa parceria com a Code.org para divulgar a Hora do Código no Brasil é tão importante para nós porque a nossa proposta é justamente desmistificar este universo da programação e mostrar que todos podemos programar. Isso está super ligado com o mundo dos jovens do Ensino Médio, principalmente, e com o futuro que está aí batendo na porta”, afirmou Luciana Scuarcialupi, coordenadora de projetos sociais da Fundação Telefônica Vivo, em bate-papo com Leonardo Ortiz Villacorta, vice-presidente internacional da Code.org.

“Este ano 2020 é um ano diferente em nossas vidas. Ao mesmo tempo é um momento em que todos nós podemos repensar a educação. O que e como podemos ensinar e aprender? Essas são perguntas fundamentais. Da mesma forma que aprendemos Biologia, Física e Química, podemos não só aprender a usar a tecnologia, mas também a criar tecnologia. E não precisamos sempre de computadores. Afinal, o pensamento computacional e o pensamento crítico são anteriores a isso”, complementa Leonardo.


O instituto Conhecimento para Todos, parceiro executor do Programaê! também apresentou aulas especiais sobre o pensamento computacional com as facilitadoras Mariana Clini e Dulce Angela da Silva. Confira:

Aula “Planejando meus estudos com o pensamento computacional”:

E sabe o melhor disso tudo? Todos estes conteúdos educativos você encontra totalmente gratuitos aqui no site do Programaê!

Para participar das atividades, basta acessar o http://programae.org.br/hora-do-codigo/ , aceitar o desafio e começar a programa, por uma hora, em trilhas lúdicas agrupadas por níveis de conhecimento. É possível praticar em blocos e Javascript, criar páginas na web, animações e muito mais. Comece agora e experimente aprender e ensinar a linguagem de programação de forma simples e divertida!

Não perca!

Saiba quais eventos estão rolando por aí e participe!

Leia também