Peças lá, peças cá, essa pirâmide alimentar eu vou montar

Alimentar-se é uma atividade prazerosa e que se torna mais saudável quando conhecemos os alimentos e o funcionamento deles no organismo.

Para termos saúde precisamos, entre outros hábitos, de uma dieta equilibrada, que forneça todos os nutrientes que permitam o bom funcionamento do nosso corpo, o que implica alimentação adequada, que difere de pessoa para pessoa.

De acordo com a BNCC – Base Nacional Comum Curricular, a escola deve propiciar ao aluno “conhecer, apreciar e cuidar de si, do seu corpo e bem-estar, compreendendo-se na diversidade humana, fazendo-se respeitar e respeitando o outro, recorrendo aos conhecimentos das Ciências da Natureza e às suas tecnologias”.

Sendo essa uma competência das ciências da natureza no ensino fundamental e da necessidade de orientar os jovens para uma alimentação mais saudável e menos industrializada, é necessário abrir possibilidades de estudos com atividades que elucidem as bases alimentares de que nosso organismo necessita para um bom funcionamento.

Profa. Eliza Geralda Marques de Carvalho

Graduada em Ciências Biológicas pela Faculdade de São Paulo. Professora de biologia e ciências no ensino médio e fundamental na rede pública de ensino do estado de São Paulo.

Aprofundar os conhecimentos sobre os alimentos e os nutrientes; Compreender a importância de uma alimentação saudável; Desenvolver o raciocínio lógico; Desenvolver o pensamento computacional por meio de atividade desplugada.

Alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, podendo ser ampliado às demais séries/anos.

Ensino Fundamental II - Ciências.

6 aulas com duração de 50 minutos cada.

Nutrição; Alimentos e nutrientes (vitaminas, sais minerais, carboidratos, lipídeos, proteínas); Pirâmide alimentar.

Papel cartão; Cola; Tesoura; Régua; Ilustrações de alimentos; Livro didático; Lousa; Dado com números.

PASSO A PASSO

Quer saber como aplicar esse plano de aula?

Baixe o passo a passo!

Baixe agora